Academia Morrinhense de Letras está de luto

Academia Morrinhense de Letras está de luto
Ao Centro o saudoso acadêmico Vanderlan Domingos de Souza.

       Faleceu neste domingo o acadêmico Vanderlan Domingos de Souza que tinha assento na cadeira 15 e patrono Pedro Celestino da Silva Filho. Vanderlan Domingos nasceu em Morrinhos, Goiás aos 03 de fevereiro de 1948. Mudou-se para Goiânia ainda menino, com cinco anos de idade. Ainda jovem, gostava de escrever crônicas e poesias, algumas publicadas em jornais. Militante do movimento comunitário, criou em seu bairro, Setor Pedro Ludovico, na capital, a Associação de Moradores, sendo seu presidente. Foi também um dos fundadores do Encontro de Casais da Paróquia Santo Antônio. Ainda no setor, criou o jornal “Tribuna Comunitária”, veículo em que defendia sua comunidade e também publicava seus artigos, crônicas, contos e poesias. Formou-se em Direito e exerceu várias atividades comerciais incluindo gerências em empresas goianas e sindicatos, foi suplente de vereador em 1988 e chefe de gabinete de vários deputados na Assembleia Legislativa de Goiás. Também atuou na prefeitura de Goiânia na área econômica e cultural.
       O escritor escreveu e lançou os livros “Paixão em Serra Canastra”, “Uma pedra no caminho”      “O Mistério do Morro do Além”, “Espelho das Águas”, “Antes que o sol beije o vão da janela”, “ Reprisando as páginas da vida”, todos aprovados pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura e em 2017, publicou “Rastros de Mim”.  
       Como acadêmico, defendia a memória do patrono Pedro Celestino da Silva Filho. Sempre retomava em suas falas, a importância do trabalho de Pedro Celestino a quem lhe foi dada homenagem ao nomear a Escola Municipal Celestino Filho. Sempre presente e atuante nas atividades da Academia Morrinhense de Letras, colaborou assiduamente com o crescimento desta casa.
       Os sinceros pêsames da equipe do NFClassificados à família e à Academia Morrinhense de Letras que também se encontra enlutada.

Da Redação:
Francimar Bezerra

Compartilhar

Deixe uma resposta