China lança missão rumo a Marte

China lança missão rumo a Marte
Imagem disponível em: https://gizmodo.uol.com.br/china-missao-independente-marte/

               A China lançou com sucesso, na madrugada desta quinta-feira 23 de julho, sua primeira missão rumo a Marte. O foguete Long March 5 leva a Tianwen-1 composta de uma sonda e um rover,  que deve chegar ao destino em sete meses e seu objetivo é colher dados que permitam aos cientistas saber mais sobre o planeta vermelho.  

            Esta conquista chinesa é mais um passo nos avanços rumo ao espaço interplanetário. Segundo dados do site Terra.com, a China já cumpriu todos os passos na conquista aeroespacial. Lançou satélites com foguetes próprios, realizou voos tripulados, lançou uma sonda à lua e começou a construir uma estação espacial. Além disso, seus poderosos foguetes podem transportar grandes veículos a grandes distâncias espaciais.

             Fazem parte do mapa espacial, além dos Estados Unidos e Rússia, União Europeia, Japão, Índia, Irã, Coreia do Norte e Brasil, que ainda caminha a passos lentos pois ainda não conseguiu colocar em órbita um satélite em órbita por seus próprios meios. As barreiras principais são o acesso à tecnologia de ponta e o investimento necessário.

            Há mais de 60 anos o homem vem tentando avançar no espaço sideral. Foram lançadas diversas missões que mapeiam o sistema solar, que colhem informações importantes para o conhecimento extraterrestre. Dos lançamentos espaciais resultam sondas navegando no espaço do sistema solar e além. Em algum momento, haverá uma resposta de vida intergaláctica?  

 

Da Redação: Francimar Bezerra 

 

 

Compartilhar

Deixe uma resposta