Estudos indicam presença novo coronavírus no cérebro de pessoas acometidas por COVID-19

Estudos indicam presença novo coronavírus no cérebro de pessoas acometidas por COVID-19
Imagem disponível em: https://oglobo.globo.com/sociedade/coronavirus-servico/artigo-coronavirus-tambem-pode-chegar-ao-cerebro-24314398

      A afirmação é de estudo realizado por pesquisadores Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) que investigaram cérebros de pessoas mortas pela COVID-19. O resultado da pesquisa deve ajudar pacientes que apresentam confusão mental, convulsões, zumbido no ouvido e outros sintomas neurológicos.
   Além de observarem cérebros post mortem, os pesquisadores estudaram imagens escaneadas de pessoas com a doença em estágio moderado e foram identificadas alterações significativas nas estruturas cerebrais onde foi detectada a presença do vírus.
     Segundo o coordenador da pesquisa, o professor bioquímico Daniel Martins de Souza, a divulgação do estudo feita esta semana e ainda não foi revisada por pares.
     Estudos já comprovaram que o vírus pode infectar neurônios e, também agora identificado nas células chamadas astrócitos, que ajudam os neurônios nas comunicações. Segundo os estudiosos, se registram queixas neurológicas em pacientes já curados da COVID-19.
    A partir dos estudos que estão sendo realizados por estes e outros cientistas, poderá se encontrar tratamentos mais efetivos principalmente para pacientes acometidos de alterações neurológicas.

Da Redação
Francimar Bezerra

Compartilhar

Deixe uma resposta