Janelas da Imaginação

Janelas da Imaginação
Imagem disponível em: https://gironomundo.com/por-do-sol-mais-lindos-do-brasil/

Flora estendeu sua mão direita para a enfermeira e apoiando-se naqueles dedos magrelos, desceu do carro e sentiu a calçada grosseira de cimento e pedras arredondadas sob seus pés descalços. Sentia o cheiro salgado vindo de além mar. Ouvia o marulhar das ondas…vindo…vindo…vindo.
Caminhou alguns passos ainda segurando a mão da dedicada Marlene, sentia os pés agora na areia. Fincou os dedos firme na areia morna. Flora sentiu uma dor no lado esquerdo do peito quando percebeu que não veria mais o verde do mar, o azul e branco do céu, o dourado do por de sol no horizonte. As lágrimas apressadas vieram de repente, mas ela piscou todas rapidamente e não deixou que se derramasse por sua face.
Continuou em frente, vagarosamente, e parou quando sentiu a água gelada cheia de espuma cobrir-lhe os pés. Flora sentia uma saudade apertada no coração de ver o mar agitado em dias ensolarados. Depois do acidente em que perdera a visão, era a primeira vez que visitava o mar. Abaixou-se e tocou a água salgada que revirava a areia. Ela lembrava, era branquinha. Suspirou profundamente e ainda teimando com as lágrimas, preencheu sua mente com a primeira vez que viu o oceano.
“Era um por de sol radiante, que pintava o céu de dourado. O mar ao longe era azul profundo e as ondas eram mansas. A linha do horizonte era um fio entre o céu e a água. Os sussurros das águas eram suaves e a brisa marinha soprava os finos fios do cabelo de Flora. Havia em seu peito uma força apertando seu coração. Não porque estava com medo. Não porque estivesse sofrendo…ela sentia o mar agitado dentro de si. Invadindo-a. Ela estava apaixonada e reverente por aquela imensidão.”

Vivemos em um mundo doente, cheio de ódios, desejos, doenças, guerras…e por outro lado, tantas coisas boas para viver. Nosso mundo interior é bonito ou feio. Depende muito de nós mesmos. Então construa algo de bonito e bom dentro de você.

Texto: Francimar Bezerra
Professora, jornalista, escritora.

Compartilhar

Deixe uma resposta