Nossa Senhora do Carmo – Padroeira de Morrinhos

Nossa Senhora do Carmo – Padroeira de Morrinhos
Foto: Francimar Bezerra de Almeida

    Nesta quinta-feira, 16 de julho, pela manhã, aconteceu no pátio da prefeitura momento de oração e homenagem a Nossa Senhora do Carmo, padroeira do município. Contrariando o costume de novena e grande festa em louvor à santa dos povos cristãos católicos, a paróquia não realiza as festividades religiosas e sociais.

Foto: Francimar Bezerra de Almeida

    Participaram do momento de oração, funcionários da prefeitura e da comunidade, devidamente afastados e protegidos. A primeira dama Terezinha Amaral agradeceu os momentos de fé durante toda a vida e pediu as orações de todos pela administração. O prefeito Rogério Troncoso afirmou que tudo está caminhando com os protocolos sendo aplicados e que tudo vai passar, desde que todos estejam se protegendo, usando a máscara, o álcool em gel e evitando aglomerações.

      Morrinhos celebra hoje o dia de sua padroeira ao mesmo que comemora sua fundação. São 175 anos de evangelização, desenvolvimento e crescimento econômico e cultural. A cidade se originou a partir da Capela de Nossa Senhora do Carmo, em torno da qual se formou o povoado de Nossa Senhora do Monte do Carmo, fundado por Antônio Corrêa Bueno e seus irmãos.

     Ao longo daqueles primeiros anos, meados do século XIX, várias famílias paulistas e mineiras vieram para estas terras em busca de solo fértil para plantar e estabelecer freguesias comerciais bem como melhores condições de vida para seus filhos.

     Atualmente, Morrinhos está entre os 22 municípios mais populosos de Goiás e sua proximidade à capital é uma vantagem para a economia e para as atividades socioculturais. Conhecida anteriormente como a Cidade dos Pomares e Atenas de Goiás, em referência aos grandes quintais e a grande produção cultural de outrora, os morrinhenses ainda consideram sua terra natal muito acolhedora e hospitaleira. 

Francimar Bezerra de Almeida
Professora, Jornalista, Escritora

 

Compartilhar

Deixe uma resposta