RESTROSPECTIVA 2020 NF CLASSIFICADOS – MÊS DE NOVEMBRO

RESTROSPECTIVA 2020 NF CLASSIFICADOS – MÊS DE NOVEMBRO
Imagem disponível em: https://www.metropoles.com/mundo/video-policia-turca-encontra-26-kg-de-cocaina-em-pinturas-de-maradona

        Dados divulgados em novembro indicam que o período de agosto de 2019 e julho de 2020 foi o que mais registrou desmatamento na Amazônia. Os números representam um aumento de 9,5% em relação às informações divulgadas em 2019 no mesmo período.
       Morreu aos 60 anos, o ex-jogador argentino Diego Maradona, de parada cardiorrespiratória, em sua residência, Buenos Aires. A Argentina declarou luto oficial por três dias.
     Por vários lugares pelo mundo se levantaram protestos contra o racismo. A ONU pediu ao Brasil reformas urgentes para combater a discriminação  racial persistente no país depois do assassinato de João Alberto Silveira Freitas, ocorrido em um supermercado Carrefour em Porto Alegre, cometido por seguranças do estabelecimento. Apesar de fatos como este, muitos brasileiros, inclusive formadores de opinião e políticos que ocupam alto escalão do governo, afirmam que não existe racismo no Brasil.
      Após a vitória de Joe Biden, eleito presidente dos Estados Unidos, quase um mês depois de tentativas para anular o resultado eleitoral, o presidente Donald Trump autorizou a transição do governo na Casa Branca. E somente no final da primeira semana de dezembro, o presidente brasileiro concordou que Biden havia vencido as eleições. 
       Em 16 de novembro a Companhia Americana de Biotecnologia Moderna anunciou que a sua vacina contra a COVID-19, ainda em fase de teste apresentou 94,5% de eficácia. Os primeiros resultados são de 30 mil participantes. A União Europeia também se uniu para que a produção de vacinas possa alcançar o maior número de pessoas o mais breve possível. A empresa alemã BioNtech e a americana Pfizer  apresentaram vacina em fase final de teste que será distribuída para os 27 países do bloco.  

Da Redação Francimar Bezerra

Compartilhar

Deixe uma resposta