RETROSPECTIVA 2020 NF CLASSIFICADOS – MAIO

RETROSPECTIVA 2020 NF CLASSIFICADOS – MAIO
Imagem disponível em https://www.ovale.com.br/_conteudo/especial/2020/09/112797-brasil-e-um-dos-paises-mais-atingidos-por-fake-news-na-pandemia--aponta-estudo-da-usp.html

       No final do mês de maio já se contabilizava mais de 5 milhões de pessoas infectadas por coronavírus em todo o mundo. Neste quadro, o Brasil já é o segundo país com mais casos ficando apenas atrás dos Estados Unidos. Diversas nações unem seus esforços, seus recursos e suas tecnologias em prol da produção de uma vacina contra o novo coronavírus.
            Neste mês, os Estados Unidos suspendem repasses financeiros destinados à OMS e em seguida rompe com a organização alegando: “eles fracassaram em fazer as reformas pedidas e imensamente necessárias” e “a China tem controle total sobre a OMS, apesar de pagar apenas 40 milhões de dólares por ano, enquanto os EUA pagam aproximadamente 450 milhões”.
         Em destaque ainda, fatos ocorridos nos EUA, em maio. George Floyd, negro, 46 anos, norte-americano foi morto em 25 de maio por um policial que o deteve com o joelho no pescoço de Floyd por nove minutos. George havia sido acusado de pagar um conta com uma nota falsa de $20 dólares. O crime ocorreu no condado de Hennepin, Minnesota, Estados Unidos. A cena foi gravada e em questão de horas viralizou em todo o mundo provocando uma série de protestos, não somente nos EUA, mas em vários lugares do mundo. 
            Aumentam as evidências de Fake News na rede mundial de computadores. Uma das maiores redes sociais do mundo, o Facebook anunciou que estava tomando providências para eliminar notícias falsas sobre o coronavírus. Mark Zuckerberg deu exemplo de uma postagem do presidente Jair Bolsonaro, que afirmava haver uma cura para o coronavírus. Esta foi removida pelo Facebook. O mesmo não se deu com postagens do presidente Donald Trump que também foi acusado de postar notícias falsas. 
               Aqui no Brasil, o ex-ministro Sérgio Moro depõe sobre a interferência do presidente na Polícia Federal. É divulgado vídeo de reunião ministerial em que são expostas diversas questões econômicas e políticas deixando vários políticos em saia justa. Em 15 de maio o ministro da saúde Nelson Teich, deixa o governo devido a conflitos de ações com o presidente da república sobre o tratamento dado as políticas públicas no combate ao coronavírus.
                Várias operações da Policia Federal ganharam destaque, entre elas as que investigavam desvios de verba na saúde, a indústria das fake News e crimes que supostamente envolviam a família do presidente Jair Bolsonaro.

Da Redação: Francimar Bezerra

Compartilhar

Deixe uma resposta