RETROSPECTIVA 2020 NF CLASSIFICADOS – MÊS DE SETEMBRO

RETROSPECTIVA 2020 NF CLASSIFICADOS – MÊS DE SETEMBRO
Imagem disponivel em: https://computerworld.com.br/negocios/especial-coronavirus-tudo-o-que-ja-publicamos-sobre-o-assunto-ate-agora/

        Em setembro aconteceu a posse de Luiz Fux como presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça. A ministra Rosa Weber o acompanha como vice-presidente nas duas instituições. As atenções especiais neste fato se dão pela disputa de poder entre o líder do executivo e os representantes maiores do judiciário. Neste mês também aconteceram as convenções partidárias e escolhas de candidatos para novos prefeitos e vereadores.
       O Banco Central lançou a nota de R$ 200 reais e o PIB – Produto Interno Bruto apresentou uma queda brusca de 9,7%, só comparada à queda no último trimestre de 2008. Os setores de Agropecuária e Exportações não sofreram esta perda, sendo os setores da indústria, dos serviços, consumo das famílias e investimento com o prejuízo maior.
       Depois de seis anos chefiando a Operação Lava-Jato, Deltan Dallagnol deixou o comando da força-tarefa. Segundo dados do Ministério Público Federal, durante este período, 543 pessoas foram denunciadas em 217 acusações criminosas e 166 foram condenadas pela justiça nos processos investigados e liderados por Dallagnol. O mesmo informou que era tempo de dedicar-se à família. 
       Aos 29 de setembro o planeta alcançou a marca de 1 milhão de mortes causadas por coronavírus. Nesta data, os países com maior número de casos era Estados Unidos, Índia, Brasil e Rússia respectivamente.  
       Enquanto países do continente africano discutiam sobre a construção da 8ª maior usina hidrelétrica do mundo e a questão de utilizar a água do Rio Nilo, lutavam também por indenização de países europeus que exploraram povos e territórios durante décadas.
        A 75ª reunião da Assembleia Geral da ONU aconteceu de forma virtual pela primeira vez. O Brasil foi o primeiro a fazer seu discurso por meio do presidente da república Jair Bolsonaro. O dirigente maior da nação brasileira defendeu o agronegócio e afirmou que  o Brasil está em uma guerra de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal. Ele afirmou não ter responsabilidade pelo aumento no desmatamento e nos incêndios que queimaram literalmente o Norte e o Centro-Oeste no último trimestre. O presidente afirmou também não ter responsabilidade sobre o número de mortos pela COVID-19. 
       Estados Unidos em processo eleitoral para presidente. Donald Trump, republicano, e Joe Biden, democrata, disputaram territórios eleitorais e se enfrentaram em um primeiro debate no dia 30 de setembro.

Da Redação: Francimar Bezerra

Compartilhar

Deixe uma resposta