SEM TRANSPORTE, TRÊS EQUIPES DE CATALÃO FICARÃO FORA DO CAMPEONATO GOIANO DE HANDEBOL/2019.

SEM TRANSPORTE, TRÊS EQUIPES DE CATALÃO FICARÃO FORA DO CAMPEONATO GOIANO DE HANDEBOL/2019.
Foto: Associação Catalana de Iniciação e Treinamento Esportivo - Ascite.

Infelizmente a história se repete: Catalão não participará do Campeonato Goiano de Handebol em três categorias por falta de apoio. 


Nossa cidade, que já foi destaque no cenário goiano neste esporte, será representada apenas por um time: o cadete masculino, cuja equipe é composta por garotos entre 15 e 16 anos de idade. Já as equipes Mirim masculino (até 12 anos), Infantil masculino (até 14 anos) e cadete feminino (até 16 anos), estarão fora deste importante evento estadual. 
No início do ano, a Diretoria da Associação entregou o calendário esportivo para 2019 na Secretaria de Esportes e protocolou no segundo semestre ofício requerendo o transporte para 46 pessoas e o pagamento das taxas de inscrições, visando a primeira etapa classificatória do referido evento, o qual acontecerá neste fim de semana (23 a 25/08), na cidade de Caçu. O Secretário da pasta, senhor Thiago Simões, informou que para o mês de Agosto não poderia atender o pedido da Associação devido aos cortes feitos por parte do Prefeito da cidade e se dispôs a doar juntamente com o Diretor de Esportes, Luciano Félix, R$1.000,00 e um kit esportivo para a realização de uma rifa. Entretanto, para conseguir levar as 4 equipes, a Associação e os pais dos alunos/atletas teriam que arcar com uma despesa em torno de R$9.000,00 referente a: 4.600,00 do ônibus, 1.020,00 de inscrições das 4 equipes, 792,00 do registro de 44 atletas na CBHb e 2.600,00 de alimentação para 3 dias. Segundo a Presidente e também Técnica da ASCITE, Maria Consolação (Sação) “se não houver o incentivo por parte do Poder Público Municipal e a sensibilidade da comunidade é impossível participar de uma competição como esta. Nos entristece o fato da Prefeitura de Catalão não possuir até hoje um ônibus para atender as demandas do esporte amador da cidade. Sempre nos deparamos com esse “transtorno”, que é o mais difícil para todos os esportistas, pois as despesas com as viagens são enormes para equipes e pessoas que não possuem patrocínio, para pagar o transporte, taxas de inscrições, registro de atletas e alimentação.”


Segundo a professora, a ASCITE sempre busca formas de ajudar seus atletas realizando rifas, almoço, festival se sorvetes e outras ações, visando cobrir os gastos, porém, a contribuição com o transporte é essencial por parte do Poder Público para garantir a participação dos representantes de Catalão nas competições esportivas. Com tantas dificuldades, a Comissão Técnica optou por levar apenas uma equipe devido aos gastos. “São meses e até anos de trabalho com estes garotos que ficam desanimados e frustrados assim como os técnicos, os quais trabalham voluntariamente neste projeto social”, completa Sação.

Associação Catalana de Iniciação e Treinamento Esportivo – Ascite.

Compartilhar

Deixe uma resposta